Prefeito Roberto Cláudio anuncia novos leitos de UTI na periferia para doentes da Covid-19 - Blog Edison Silva

Prefeito Roberto Cláudio anuncia novos leitos de UTI na periferia para doentes da Covid-19

Nos bairros Quintino Cunha, parte da Vila Velha, Antônio Bezerra e Bonsucesso vêm aumentando os números de óbitos. Foto: Ascom/PMF.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, anunciou, nesta segunda-feira (11), em transmissão pelas redes sociais, que a primeira etapa do novo Hospital da Criança, no bairro Henrique Jorge, será utilizado para ampliar o atendimento de pacientes da Covid-19.

A unidade, que está em fase de acabamento, deverá ser entregue entre 25 e 30 de maio e contará com 75 novos leitos adaptados à internação.

A ala será integrada à unidade de Covid-19 ao vizinho Hospital da Mulher, que já funciona com 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 20 de enfermaria.

A decisão da conversão do novo hospital foi tomada nesta segunda-feira, e a Prefeitura já está adquirindo os equipamentos necessários para o início do funcionamento, disse o Prefeito.

Roberto Cláudio também falou sobre a abertura da unidade Covid-19 do Hospital Frotinha do Antônio Bezerra, com 10 leitos de UTI, 16 semi intensivos e 16 de enfermaria; além de novos 40 leitos de enfermaria com suporte de oxigênio no Instituto Dr. José Frota 2 (IJF2), que já deve passar a receber novos pacientes ainda na note desta segunda-feira (11).

Além disso, Fortaleza recebeu, no último fim de semana, uma nova carga com 7 toneladas de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), que serão destinados aos profissionais de saúde, principalmente, os que trabalham à frente de leitos de UTI, hospitais de emergência e postos de saúde de referência para o atendimento de pessoas acometidas pelo coronavírus. “Temos estoque para proteger a saúde dos nossos profissionais e evitar o ciclo de contaminação em hospitais por um bom tempo”, enfatizou.

Áreas de transmissão

De acordo com o Prefeito, embora haja disseminação controlada da Covid-19 em todo o território de Fortaleza, algumas áreas da Cidade necessitam de um olhar mais cuidadoso. O primeiro deles é o eixo que abrange os bairros Quintino Cunha, parte da Vila Velha, Antônio Bezerra e Bonsucesso, que vem aumentando os números de óbitos.

Há também aumento significativo de casos da doença no eixo Bom Jardim, Granja Portugal, Granja Lisboa e Siqueira, além do Passaré, José Walter e Planalto Ayrton Senna.

Para o Gestor, é “importante e fundamental o cumprimento do isolamento social rígido em toda a Cidade. Para aqueles que moram nessas áreas é muito importante um especial cuidado”, disse.

Na ocasião, Roberto Cláudio aproveitou para fazer um agradecimento aos operadores que têm trabalhado nas ruas para garantir a efetivação do isolamento social rígido, entre eles, membros da Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE), Polícia Civil, Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), Corpo de Bombeiros Militares do Ceará (CBMCE) e Guarda Municipal.

“Mas a nossa própria consciência pode ser um fiscal da saúde pública. Cada um deve fazer a sua parte para proteger a vida das pessoas e evitar que a dor da perda chegue às nossas casas. A operação não depende apenas do decreto”, finalizou.

Fonte: Ascom/PMF.

Deixe uma resposta