Vereadora defende medidas de proteção às pessoas em situação de rua na Capital durante pandemia - Blog Edison Silva

Vereadora defende medidas de proteção às pessoas em situação de rua na Capital durante pandemia

Boa parte das solicitações feitas pela vereadora está sendo implementada pela Prefeitura de Fortaleza. Foto: CMFor.

A vereadora Larissa Gaspar (PT) solicitou, através de requerimento, a adoção de uma série de iniciativas para garantir a proteção das pessoas em situação de rua durante a pandemia no Município de Fortaleza. Entre elas estão: a instalação de banheiros químicos em locais de concentração de pessoas vivendo nas ruas; o aumento do número das vagas de aluguel social; e instituição de uma renda emergencial.

Além disso, a parlamentar defende a distribuição de cestas básicas e de itens de higiene como máscara e álcool em gel; a garantia do funcionamento dos equipamentos que acolhem as pessoas em situação de rua; o reforço da higiene desses equipamentos; e a realização de teste de Covid-19.

De acordo com Larissa é preciso também garantir acesso ao tratamento e transporte para as unidades de saúde, bem como o uso dos equipamentos públicos que estão fechados e espaços privados que venham a ser cedidos por seus proprietários para acolhimento.

Desde o início da pandemia de coronavírus em Fortaleza, a Prefeitura iniciou ações, por meio da Secretaria dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), para atender a população de rua da cidade, seguindo as orientações das autoridades de saúde.

Dois novos abrigos temporários foram abertos, ainda em março, em caráter emergencial, com total de 150 vagas. Os abrigos estão localizados na Barra do Ceará (Rua Dr. José Roberto Sales, 830) e no Centro (Rua Solon Pinheiro, 898). Todas as unidades voltadas para atendimento assistencial à população de rua de Fortaleza continuam funcionando, embora com os horários flexibilizados e sem as atividades de aglomeração.

O Refeitório Social mudou a execução de funcionamento e elaborou um esquema de distribuição de quentinhas para evitar que as refeições sejam feitas nas dependências da estrutura. Além disso, por meio do Movimento Supera Fortaleza, passaram a ser distribuídas, ao todo, 600 refeições para quem não conseguir chegar às unidades de assistência como Centros Pop e Centro de Convivência.

Um comentário sobre “Vereadora defende medidas de proteção às pessoas em situação de rua na Capital durante pandemia

Deixe uma resposta