Coronavírus: Camilo anuncia 150 novos leitos em Fortaleza; Aneel proibirá cortes de energia - Blog Edison Silva

Coronavírus: Camilo anuncia 150 novos leitos em Fortaleza; Aneel proibirá cortes de energia

Camilo Santana tem conversado com a população diariamente, através das redes sociais. Foto: Governo do Estado.

O governador Camilo Santana anunciou novas medidas no enfrentamento ao coronavírus no Ceará, durante “live” nas redes sociais no final da tarde desta terça-feira (24), quando o Governo do Estado já tem confirmados 185 casos.

Novos leitos
Camilo anunciou que começarão a ser montados nesta quarta-feira (25) hospitais de campanha anexados a três hospitais da Capital, HGF, César Cals e Hospital do Coração. Cada anexo terá 50 leitos, garantindo assim mais 150 novos leitos em Fortaleza. “A ideia é aproveitar a estrutura do hospital, com a alimentação e leitos, para facilitar a logística”, explicou.

Ele disse que o trabalho de ampliação de leitos tem se concentrado hoje na Capital, pois a grande maioria dos casos no Estado está na Região Metropolitana e, principalmente, em Fortaleza. Camilo não descartou, caso haja necessidade, ampliar, da mesma forma, os leitos dos hospitais regionais, no Interior. “A ideia é ampliar em quase 1000 leitos no Ceará, em parceria com as prefeituras”, adiantou.

Corte de energia

O governador afirmou que, após enviar ofício, recebeu a informação de que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) sairá com uma resolução vetando o corte de energia da população mais carente durante esse período de emergência sanitária.

Camilo afirmou ter recebido muitas reclamações sobre cortes de energia e disse estar tratando com a Enel para que não haja, assim como que seja suspensa a cobrança de energia por três meses, como foi anunciado anteriormente nas contas de água e esgoto.

Mais Infância

Outra medida anunciada foi a antecipação do pagamento do Cartão Mais Infância, que agrega mães de crianças de 0 a 6 anos, de baixa renda. O pagamento seria somente dia 15 de abril, mas foi iniciado a partir desta terça-feira (24), atingindo cerca de 47 mil famílias cearenses, em uma injeção de mais de R$ 4 milhões.

Deixe uma resposta