Deputados cobram que SSPDS divulgue dados de homicídios no Ceará - Blog Edison Silva

Deputados cobram que SSPDS divulgue dados de homicídios no Ceará

Heitor Férrer defende que a população tem direito a ter conhecimento dos dados atualizados dos homicídios. Foto: Marcelo Bloc/Blog do Edison Silva.

O deputado Heitor Férrer (SD) criticou a declaração do Governo do Estado que anunciou que não iria mais divulgar os números de homicídios no Estado. “Sabemos que a cada 49 minutos tem uma morte no Ceará. Não divulgar os números de homicídios é esconder da população o que está acontecendo. O povo precisa saber como estão evoluindo as coisas”, assinalou em pronunciamento na sessão desta quinta-feira (27).

O parlamentar avaliou ainda que a política de segurança pública adotada pelo Governo mostra-se ineficiente e não combate o que ele chama de mecanismos geradores da violência, como a desigualdade social e a pobreza. “Esse motim inconstitucional demonstra que o trabalho da polícia é que combate todo o crime. Quando a polícia sai de cena, a violência volta como se fosse uma infecção”, lamentou.

Vitor Valim (Pros) também criticou a mudança de postura da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), que antes vinha divulgando diariamente os dados, desde o início da paralisação da Polícia Militar do Ceará.

Evitar alarde maior

Questionado sobre o tema, o deputado Júlio César Filho (Cidadania) destacou que a Secretaria de Segurança Pública entendeu que, por motivo de segurança, os índices devam ser divulgados mensalmente em vez de diariamente. Ele afirmou que a Secretaria de Segurança Nacional, juntamente com todos os Estados, têm uma padronização dos índices a serem divulgados e o período no qual serão divulgados.

“O que ocorreu é que, no começo do motim, esses índices começaram a ser divulgados diariamente. Posteriormente, a SSPDS entendeu, por motivo de segurança pública, que esses índices teriam que voltar a ser divulgados mensalmente, como é feito em todo o Brasil. Então é apenas uma adequação, que acreditamos ser justamente para não gerar um terrorismo, um alarde maior perante a população”, explicou ao Blog do Edison Silva o líder do Governo.

O parlamentar afirmou ainda que espera a confirmação do Governo Federal da extensão do decreto que institui a Garantia da Lei e da Ordem (GLO) no Estado do Ceará. A vigência do primeiro decreto encerra-se nesta sexta-feira (28).

Um comentário sobre “Deputados cobram que SSPDS divulgue dados de homicídios no Ceará

Deixe uma resposta