O Podemos realiza plenária para confirmar apoio a Capitão Wagner em Fortaleza - Blog Edison Silva

O Podemos realiza plenária para confirmar apoio a Capitão Wagner em Fortaleza

Presidentes do Podemos, Eduardo Girão; do PSL, Heitor Freire; e do PROS, Capitão Wagner. Foto: Divulgação.

O prefeiturável Capitão Wagner (PROS) se prepara para receber apoio oficial dos membros do Podemos, que realiza plenária estadual, na tarde deste sábado (30), na Assembleia Legislativa do Ceará. Representantes nacionais da legenda devem participar do evento, que também têm como meta apresentar os nomes da agremiação que disputarão as eleições no próximo ano.

Além de Fortaleza,o Podemos também estará ao lado da oposição na disputa pela prefeitura de Juazeiro do Norte, no Cariri. A legenda, juntamente com o PROS, ainda não definiu quem encabeçará a chapa oposicionista no Município, mas a certeza é que estarão juntos. Em outras cidades menores, os dois partidos também estarão no mesmo palanque.

Além do presidente estadual do Podemos, o senador Eduardo Girão, também estarão presentes no encontro deste sábado (30) a presidente nacional da sigla, Renata Abreu; o senador do Paraná, Álvaro Dias; o senador do Piauí, Elmano Férrer; e o senador do Rio Grande do Norte, Styvenson Valentin, todos do Podemos.

Capitão Wagner é convidado de honra do evento, uma vez que é o pré-candidato de oposição que deverá ser apoiado pelo Podemos na disputa pela prefeitura de Fortaleza.

Nos últimos meses notícias davam conta de que Wagner poderia deixar o PROS para ingresso no Democratas (DEM), o que não se confirmou. Ao Blog do Edison Silva, o republicano afirmou que permanecerá em seu partido e buscará mais apoios para sua postulação.

Um dos principais apoios aguardado por Wagner pode vir do PSL, ex-partido do presidente Jair Bolsonaro. Segunda agremiação a eleger maior número de deputados federais, a sigla poderá ajudar o pretenso candidato com apoio financeiro e tempo de propaganda na televisão.

Heitor Freire, presidente do PSL do Ceará, já declarou apoio à postulação de Capitão Wagner, mas não existe nada oficializado ainda. Outras siglas menores, como PSC e Avante, também já sinalizaram eventual aliança com o deputado federal do PROS para o pleito de 2020.

Deixe uma resposta