Concurso Público: Roberto Cláudio envia projeto à Câmara criando 600 cargos na área de Saúde - Blog Edison Silva

Concurso Público: Roberto Cláudio envia projeto à Câmara criando 600 cargos na área de Saúde

Líder do Governo, vereador Ésio Feitosa, destacou a urgência na tramitação da matéria. Foto: CMFor.

Iniciou tramitação na Câmara Municipal de Fortaleza, nesta quarta-feira (13), projeto de Lei do prefeito Roberto Cláudio que cria 600 cargos para a área da Saúde. A informação, levada à tribuna pelo líder do Governo, Ésio Feitosa (PDT), empolgou a base governista, que destacou diversas ações realizadas pela gestão ao longo dos anos.

Alguns aliados do prefeito chegaram a ironizar as reclamações feitas pela oposição, que não se pronunciou sobre a proposta do Governo. Os oposicionistas, inclusive, deixaram o Plenário Fausto Arruda, enquanto que a base aliada comemorava o anúncio de um futuro concurso público para a Saúde.

Segundo Feitosa, a maioria dos profissionais que deve ser contratada após realização do concurso público irá atuar nas duas unidades do Instituto Dr. José Frota (IJF), no Centro da cidade. Conforme informou, devido a construção do equipamento, há a necessidade de contratação de pessoal para dar o atendimento “que a população merece”.

“A proposta chegou a essa Casa e tem como objetivo realizar concurso público para 600 novos profissionais de saúde. O edital será lançado logo após aprovação do projeto”, afirmou o parlamentar. Segundo ele, o prefeito Roberto Cláudio tem melhorado a condição de Saúde em Fortaleza, e se assim não o fosse, “Fortaleza estaria em uma situação muito pior em todas as políticas públicas, especialmente, na Saúde”.

A Prefeitura pretende contratar ao menos 135 médicos plantonistas e 115 enfermeiros, além de 210 técnicos em enfermagem. Estão na lista de vagas as seguintes profissões: médicos diaristas, assistentes sociais, cirurgiões-dentistas, advogados, fonoaudiólogos, nutricionistas, terapeutas ocupacionais, farmacêuticos, fisioterapeutas, psicólogos, técnicos em higiene bucal, técnicos em ortopedia, técnicos em radiologia, técnicos em laboratório de análise clínica.

O vereador Gardel Rolim (PDT) foi outro que comemorou a iniciativa do Governo, especialmente com a criação de 24 vagas para fisioterapeutas, categoria defendida pelo parlamentar. A proposta, que inicia tramitação na Câmara de Fortaleza em regime de urgência, deve garantir, por exemplo, a contratação de profissionais de fisioterapia durante o plantão noturno.

“Essa é uma bandeira nossa e aqui eu queria parabenizar a Prefeitura por atender a esse pleito, especialmente a dos fisioterapeutas. Vamos, aos poucos, mostrando de forma mais visível o trabalho que fazemos nos hospitais”, disse Rolim.

Adail Júnior (PDT) ironizou a ausência de opositores no plenário quando do anúncio feito por Ésio Feitosa. “Não tem como deixar de vir a essa tribuna para parabenizar. Tenho orgulho de fazer parte dessa base. Agora, cadê a oposição para ouvir isso?”, questionou. “Não tem outra, não quando digo que é o melhor prefeito do Brasil, taí”.

O vereador Didi Mangueira (PDT) não se limitou a comemorar apenas o anúncio de concurso público, mas destacou outros feitos da atual gestão em outras áreas. “É de ficar impressionado, sem contar a crise no País. O Bolsonaro fica só cortando, e o Roberto Cláudio colocando dinheiro. É mole? Está aqui o resultado, não tem um opositor aqui. Devem ter ido pra Brasília pedir para o Bolsonaro parar de cortar”.

Cláudia Gomes (PTC) também destacou a medida, pois segundo ela, já há algum tempo, desde 2016, havia uma cobrança por parte de profissionais da fisioterapia para que vagas fossem criadas no setor público. O vereador Raimundo Filho (PRTB) também se disse feliz com a informação, principalmente porque o concurso público vai atender a demanda da categoria dos psicólogos, categoria essa que ele representa na Casa.

6 comentários “Concurso Público: Roberto Cláudio envia projeto à Câmara criando 600 cargos na área de Saúde

  1. O correto seria incluir concurso para agente de saúde e agente de endemias. Já que existe uma demanda enorme de áreas descobertas. Há muito tempo não houve um concurso nem seleção para essa área.

  2. Ele deveria chamar o restante do pessoal do cadastro reserve do concurao publico de 2015 so chamou 520 onde o total de cadastro reserva era de 760 para o cargo de técnico de enfermagem 40h

    1. É maravilhoso saber que nossa Fortaleza só,É isso que realmente precisamos de mais empregos mais estabilidade,parabéns Sr prefeito Roberto Cláudio que continue assim sempre se preocupando com o bem estar do povo que tanto precisa.

Deixe uma resposta