As eleições municipais de 2020 em Fortaleza e Salvador unem PDT e DEM - Blog Edison Silva

As eleições municipais de 2020 em Fortaleza e Salvador unem PDT e DEM

 

Chiquinho Feitosa, presidente estadual do DEM, prepara estratégia de trabalho para o partido ter candidatos em vários municípios cearenses. Foto: Fetrans.

No início desta semana, o prefeito de Salvador e presidente nacional do DEM, Antonio Carlos Magalhães Neto, confirmou o encontro dele, e de outros dirigentes nacionais do seu partido, em Brasília, com a cúpula do PDT, incluindo o cearense Ciro Gomes, dizendo tratar-se de assuntos ligados à sucessão municipal do próximo ano, além de admitir que o diálogo possa avançar, também, para o pleito nacional de 2022, convenhamos ainda muito distante para o estabelecimento de qualquer entendimento.

Indiscutivelmente, a decisão dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) na última quinta-feira (07), declarando ser inconstitucional a prática, até então pela própria Suprema Corte autorizada, da prisão de condenados em segunda instância, terá reflexo no pleito municipal vindouro e, com mais evidência, em 2022, tomando-se como certa a participação efetiva do ex-presidente Lula, mesmo com os seus 77 anos de idade naquela data.

Todos os partidos com projeção nacional, incluso o PT, óbvio, terão envolvimento direto na disputa de 2020, sobretudo nas capitais e cidades acima dos 50 mil eleitores. “Lula Livre” estará em todas elas, principalmente as nordestinas, na busca da recuperação do espaço perdido nas disputas anteriores, destacando-se Fortaleza e Salvador, por conta das lideranças de Ciro Gomes e de Antonio Carlos Magalhães Neto, os dois principais adversários do PT no Nordeste.

O entendimento entre os dirigentes do PDT e do DEM, tendo por partida as eleições municipais de Fortaleza e de Salvador, salvaguarda interesses de Ciro e Antonio Carlos Magalhães Neto. Ambos, pelas lideranças que exercem, desenvolverão todos os esforços possíveis para a garantia da eleição de um aliado no comando dessas duas capitais, por sinal, muito bem administradas por seus respectivos prefeitos ao longo dos últimos sete anos, no caso, ACM Neto e Roberto Cláudio.

O DEM no Ceará, nos últimos anos, tem estado ao lado do PDT, principalmente do prefeito Roberto Cláudio, cujo Vice-prefeito é Moroni Torgan, vice-presidente do partido, ao lado do empresário e primeiro suplente de senador, Chiquinho Feitosa, o presidente estadual da agremiação; defensor da aliança de apoio ao candidato do prefeito à sucessão de Fortaleza. Chiquinho traça a estratégia do DEM para disputar algumas prefeituras no Interior cearense.

Lula Livre

A notícia da soltura do ex-presidente Lula, no fim da tarde desta sexta-feira (08), dominou as atenções de todas as lideranças políticas nacionais, embora já fosse esperada desde à noite de de quinta-feira (07), quando ficou concluída a votação no Supremo Tribunal Federal, com o presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, dando o voto de desempate contra a prisão de condenados em segunda instância, o caso de Lula, preso desde abril do ano passado, após confirmação da sua condenação pelo Tribunal Regional Federal 4, relacionado ao famoso triplex do Guarujá (SP).

No Ceará, já na manhã desta sexta-feira (08), petistas anunciavam a soltura do ex-presidente e informavam de encontro com a sua presença em São Bernardo do Campo (SP), na próxima segunda-feira (11).

 

 

Deixe uma resposta