Vereador Eron Moreira denuncia colega licenciado de ter ameaçado direção de hospital em Fortaleza - Blog Edison Silva

Vereador Eron Moreira denuncia colega licenciado de ter ameaçado direção de hospital em Fortaleza

Eron Moreira chamou a ação do colega de “abuso de poder”. Foto: CMFOR.

O vereador Eron Moreira (PP), em nome da liderança do Governo Robeto Cláudio, criticou as ameaças que seu colega, o vereador Márcio Martins (PROS), teria feito contra a direção do Hospital Nossa Senhora da Conceição que fica no Conjunto Ceará. De acordo com o parlamentar, Márcio, ao lado do deputado federal Capitão Wagner (PROS), teria ido até o equipamento de saúde e pressionado o diretor do hospital,  Raimundo Paiva.

Wagner e Martins foram até o local para denunciar o fechamento de leitos pediátricos na unidade, o que foi contestado por Moreira. De acordo com o governista, a Prefeitura de Fortaleza já está trabalhando para construir um equipamento de saúde com 104 leitos para pediatria.

“Capitão Wagner, o senhor é candidato a prefeito. Tome cuidado com o vereador Márcio Martins. Ele está doente. Como é que ele está doente para vir trabalhar na Câmara, mas não está para ir ameaçar funcionários do hospital?”, questionou.

De acordo com Eron Moreira, que esteve presente no Hospital, Márcio Martins quis entrar com toda uma equipe na unidade hospitalar, o que não foi permitido por parte da direção, visto a situação em que se encontravam alguns pacientes.

“Pelo fato de ele ser vereador, ele ameaçou o Dr. Paiva, aí doeu na alma. Ele falou que o diretor do hospital era capacho do prefeito, capitão do mato. Vamos ter bom senso. Sei que Capitão Wagner é candidato a prefeito mas não sabe o que fazer, porque a gestão do prefeito está bem avaliada”, disse.

Eron Moreira chamou a ação de Capitão Wagner e Márcio Martins de “abuso de poder”. “O capitão do mato, neste País, não pode mais prosperar. Temos que acabar essa história de termos capitão do mato”, concluiu.

No vídeo, publicado na rede social, o deputado Capitão Wagner afirma que irá entrar na Justiça para tentar evitar que pacientes deixem de ser atendidos no hospital. Afirmou ainda que houve tentativa de obstrução de sua entrada no equipamento por parte da direção. Além de Wagner e Márcio Martins, o deputado estadual Tony Brito (PROS) também participou da visita.

Deixe uma resposta