INCHEON - destino final de uma longa viagem - Blog Edison Silva

INCHEON – destino final de uma longa viagem

Por A.Capibaribe Neto – Especial para o Blog do Edison Silva 
O aeroporto internacional de INCHEON, a 30 minutos do centro de Seoul (dependendo do trânsito pode levar até mais de uma hora), é considerado um dos maiores e mais modernos do mundo. No ano passado (2018), por ali passaram mais de 68 milhões de passageiros, transportados por quase 400 mil aeronaves.
Desde 2005, tem sido consecutivamente classificado como o melhor aeroporto do mundo pelo Conselho Internacional dos Aeroportos e recebeu o total de 5 estrelas no ranking da Skytrax, um prestigioso reconhecimento compartilhado apenas pelo Aeroporto Internacional de Hong Kong e pelo Aeroporto de Singapura.
Entre muitas características únicas, o Aeroporto Internacional de Incheon conta com campo de golfespa, dormitórios privativos, cassino e jardins internos. Para os viajantes que embarcam em São Paulo, para esta parte do outro lado do mundo, onde o Sol nasce mais cedo (são 12 horas de diferença), em um fuso horário igual ao do Japão, precisam encarar 15 horas e 1 5 minutos de voo até Doha, no Qatar e mais 9 horas até o destino final. Em outras palavras, saindo de de casa em Fortaleza para Seoul, via São Paulo, contando com o tempo de embarque, mais 3 horas e meia de voo até Guarulhos, 3 horas de espera para o reembarque e todo o resto, estamos falando de 40 horas de casa até o quarto do hotel na capital do Coreia do Sul. Depois é só sair para o abraço e curtir as maravilhas do lugar.
Para melhorar ainda mais os serviços desse aeroporto,  em 2008, foi assinado  um contrato de 10 anos com a empresa de logística Hanjin Corporation (empresa-mãe da transportadora aérea coreana Korean Air), com o objetivo de construir um hospital de nove andares perto do aeroporto, para atender os residentes locais e os 30 mil turistas que visitam a Coréia anualmente em busca de serviços médicos.
A.Capibaribe Neto
Especial para o Blog do Edison Silva 

Deixe uma resposta