Deputado critica política ambiental do governo Bolsonaro - Blog Edison Silva

Deputado critica política ambiental do governo Bolsonaro

Às vésperas do início da Semana do Meio Ambiente, o deputado estadual Romeu Aldigueri (PDT) utilizou seu tempo de tribuna no primeiro expediente desta quinta-feira (30), na Assembleia Legislativa, para criticar as medidas tomadas pelo Governo Federal na área ambiental.

Em conversa com o blog, Aldigueri citou as perdas do setor promovidas pelo governo Bolsonaro. “São 30 anos de avanço, de respeito, de participação em congressos internacionais, implementando políticas ambientais sérias, marcos regulatórios e, em cinco meses de governo Bolsonaro, há um desmonte através de decretos, da época da ditadura. Não se manda mais nada para o Parlamento, querendo modificar projetos de leis, leis em vigor, desmontar áreas protegidas, estações ecológicas, o desmonte do Conselho Nacional do Meio Ambiente, que tinha 105 membros e agora, na quarta-feira (29), um decreto da Presidência da República baixa para 22 membros, onde apenas quatro são da sociedade civil. Ou seja, acabou a paridade governamental e não-governamental. A Agência Nacional de Águas saiu do Ministério do Meio Ambiente, o serviço florestal brasileiro descaracterizado, a extinção do Instituto Chico Mendes, as multas dos fiscais do Ibama não têm mais validade”, disse o parlamentar.

Aldigueri mostrou preocupação com a visão que o atual Governo Federal tem da questão ambiental. “Muito nos preocupa a ideologia antiga, retrógrada lá da década de 1970, de que meio ambiente tem que ser deixado de lado, porque atrapalha o desenvolvimento do país. Muito pelo contrário, nós temos pesquisas técnicas e científicas, temos todo o arcabouço técnico-jurídico-legal para conciliar o desenvolvimento econômico e o desenvolvimento sustentável de forma integrada”, explicou ao blog.

Deixe uma resposta