O Forró como patrimônio imaterial cearense é defendido por vereador da Capital - Blog Edison Silva

O Forró como patrimônio imaterial cearense é defendido por vereador da Capital

Vereador Dr. Porto /Foto: Érika Fonseca/CMFor

Está na pauta da quarta-feira (12), da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor), um requerimento para a realização de uma audiência pública para debater o “Forró como patrimônio imaterial cearense”. A matéria, de autoria do vereador Dr. Porto (PRTB).

Os vereadores ainda analisarão dois vetos integrais do prefeito Roberto Cláudio (PDT). O primeiro ao projeto de lei nº 194/2017, de autoria do vereador Paulo Martins (PRTB), que dispõe sobre a livre parada e estacionamento para veículos oficiais do Conselho Tutelar.

O outro veto se refere ao projeto de lei nº 318/2017, do vereador Plácido Filho (PSDB), que obriga as clínicas de bronzeamento artificial a colocar placas avisando aos usuários sobre os riscos e as contraindicações na exposição aos raios ultravioleta.

Deixe uma resposta