Vereadores de Fortaleza aprovam obrigatoriedade de cirurgião-dentista para atendimento em UTIs - Blog Edison Silva

Vereadores de Fortaleza aprovam obrigatoriedade de cirurgião-dentista para atendimento em UTIs

Vereador Dr. Porto /Foto: Érika Fonseca/CMFor

Hospitais públicos ou privados que possuam Unidade de Terapia Intensiva (UTI) serão obrigados a prestar assistência odontológica a todos os pacientes que se encontre em regime de internação hospitalar em UTI. A medida foi aprovada nesta quarta-feira (05), em segunda discussão, pelos vereadores de Fortaleza.

A medida foi inicialmente proposta através do projeto de indicação nº 576/2017, de autoria do vereador Dr. Porto (PRTB), também aprovado pela Câmara. A ideia foi bem aceita no Paço Municipal e retornou à Casa no projeto de lei nº 190/2019, do prefeito Roberto Cláudio (PDT).

Pelo projeto, além do atendimento odontológico a pacientes na UTI, fica definida que a assistência será prestada por um cirurgião-dentista. A medida visa a evitar infecções respiratórias que poderiam atingir os pacientes. Segundo Dr. Porto, o serviço evitará complicações em pacientes na UTI, fazendo com que o tempo de permanência seja reduzido, dando mais rotatividade aos leitos e um melhor atendimento aos cidadãos.

A lei ainda será regulamentada pelo prefeito Roberto Cláudio nos próximos 120 dias, entrando em vigor na data de sua publicação.

Deixe uma resposta