Concurso dos bombeiros: líder do governo descarta prescrição e garante nomeação - Blog Edison Silva

Concurso dos bombeiros: líder do governo descarta prescrição e garante nomeação

Para líder do governo, espera para nomeações é questão de responsabilidade fiscal. Foto: ALECE

Líder do governo na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Júlio César Filho (PPS) garantiu que a segunda turma de aprovados no concurso de bombeiros militares será nomeada e tranquilizou os aprovados, afirmando que não haverá prescrição. Nas últimas semanas, o governo Camilo tem recebido críticas na Casa, e até na Câmara Municipal, a respeito da demora para a nomeação.

O vereador Sargento Reginauro (Sem Partido) e o deputado estadual Soldado Noélio (PROS) demonstraram recentemente preocupação quanto à possível prescrição do concurso, caso não houvesse nomeação até o dia 9 de junho. “A verdade é que o processo dos servidores do bombeiros militares, já foi chamada a turma 1. A turma 2 já foi convocada, já foi feito o curso de formação e será nomeada. Como já ocorreu até na Polícia Militar, como a turma já foi convocada, ela não entra na prescrição do concurso. Até para tranquilizar a turma 2 do último concurso dos bombeiros militares”, explicou o deputado ao blog.

Outros concursos estaduais

Não apenas em relação ao concurso dos bombeiros que o governo estadual vem recebendo críticas da oposição na Assembleia Legislativa. Na última semana, além de Soldado Noélio (PROS), o deputado Renato Roseno (PSOL) também discursou na casa cobrando nomeação de aprovados em diversas outras seleções realizadas no Estado, além de pedirem reajuste aos servidores estaduais atuais. Para Júlio César Filho, a demora para nomear é uma questão de responsabilidade por parte do governador Camilo Santana. “Nós estamos vivenciando hoje, em todo o Brasil, uma incerteza econômica, estamos tendo uma grande queda na arrecadação do Estado do Ceará, que não é diferente dos demais estados da nossa Federação. Diante disto, o governador tem que ter responsabilidade de saber que se nomear novos servidores, ele vai poder manter justamente o pagamento dos salários”, explicou ao blog.

Sobre as cobranças de reajuste salarial aos servidores estaduais, o líder do governo apontou incoerência por parte da oposição. “O deputado Noélio se contradiz, ele cobra o reajuste das perdas salariais, e cobra nomeação. Então o governador tem que primeiro garantir que os servidores hoje efetivos do Estado possam continuar recebendo seu salário sem nenhum atraso. Nós vivemos uma grande crise, vários estados ricos da Federação atrasando salário dos servidores. O Estado do Ceará tem o equilíbrio fiscal bem definido e não atrasou um dia sequer nenhum salário, nem o 13º. E, diante disto e diante da responsabilidade do governador, ele só nomeará no momento que ele achar que pode absolver mais servidores no Estado”, explicou o parlamentar, lembrando que diversos outros concursos, como o da Seduc, ainda estão com prazo vigente. “Obviamente, o governador está esperando a arrecadação melhorar e aí o limite de gasto com pessoal poder estar em um patamar confortável para que ele possa chamar e nomear mais servidores do Estado. É mais um zelo, uma responsabilidade do Executivo, para que ele não possa ficar inadimplente e ser impedido de receber recursos, que já estão poucos. Se a gente ainda ficar inadimplente, desobedecendo a lei de Responsabilidade Fiscal com gasto com pessoal, aí é que a situação ficar cada vez mais complicada”, concluiu.

Um comentário sobre “Concurso dos bombeiros: líder do governo descarta prescrição e garante nomeação

Deixe uma resposta