Deputada Dra. Silvana pode desistir de título de cidadania para a ministra Damares. Está com dificuldade de conseguir apoio - Blog Edison Silva

Deputada Dra. Silvana pode desistir de título de cidadania para a ministra Damares. Está com dificuldade de conseguir apoio

A deputada estadual Dra. Silvana (PR) ainda não conseguiu as 31 assinaturas de deputados necessárias para apresentação do projeto de lei, de sua autoria, concedendo o título de cidadã cearense à ministra do Governo do presidente Jair Bolsonaro, Damares Regina Alves. A parlamentar disse estar precisando de apenas mais uma assinatura. No entanto, ela admite a possibilidade de desistir da homenagem caso isso cause constrangimento aos demais parlamentares.

“Eu vejo um trabalho nos bastidores para uma retirada de assinaturas de alguns parlamentares, por conta de pressão do PDT. Eu não pretendo constranger meus colegas, até porque eu acho muito humilhante o deputado ter que recuar de uma assinatura. A minha intenção é homenagear a ministra, não é desprestigiar meus colegas. Então se eu perceber que isso é uma realidade, eu não vou à frente num constrangimento desse”, explicou ao blog.

Na última quinta-feira, Silvana conseguiu a assinatura do deputado Jeová Mota (PDT) que, imediatamente foi advertido por outro colega de partido, dizendo que “o Ciro vai ficar puto contigo”, fazendo com que Jeová levasse a mão à cabeça, demonstrando preocupação e imediatamente procurou Silvana para retirar sua assinatura. Porém, no mesmo dia, o deputado Guilherme Landim, líder da bancada do PDT, atendeu ao pedido de Silvana e assinou o projeto.

A parlamentar, no entanto, voltou a elencar motivos para que a homenagem aconteça. “Pelo seu trabalho como ministra; pela questão da Casa da Mulher, que iria fechar por falta de recursos e ela veio e assinou para manter com recursos federais; a história dela com o Estado do Ceará, que tem muito mais de 10 vezes que ela veio ao nosso Estado, fazendo palestras, conferências, na luta a favor da vida, da criança, dos índios e as crianças que morrem por conta de deficiências e são sacrificadas, essa vida da ministra na busca de uma vida melhor para todos, inclusive para os desprivilegiados, os mais carentes, os que não têm voz, ainda dentro do ventre da mãe. Então, a busca dela pela vida me motiva a ter um grande orgulho pela vida pública dela”, explicou ao blog

Dra. Silvana chamou de covardes os ataques à ministra vindos das redes sociais e disse que Damares está precisando de carinho. “Acho que ela (Damares) está em um momento que precisa desse afago, até porque as redes sociais misturam a sua vida como pastora, pegam trechos de suas falas e tentam denegri-la como ministra e isso não tem colhidos bons frutos, até porque quanto mais batem na ministra Damares, mais ela brilha como mulher, como cidadã e como representante hoje publica que ela é”, acrescentou em conversa exclusiva com o nosso blog.

Aparte e cobrança

Ainda durante a fala da deputada, primeira oradora do primeiro expediente desta sexta-feira (17), o deputado Vitor Valim (PROS) garantiu que assinaria a solicitação, o que seria a 30ª assinatura das 31 necessárias. Valim afirmou ver preconceito por parte da mídia quando critica a homenagem que Dra. Silvana quer prestar à ministra. “Quanto mais ministros tiverem uma boa relação com nosso Estado, melhor! A mídia não critica parlamentar que defende bandido, mas critica quem quer homenagear uma senhora honrada, que já prestou serviço à Casa da Mulher, que pode fortalecer o Estado nas lutas das mulheres. Eu vou me envergonhar em ver um parlamentar, seja homem ou mulher, que não queira assinar uma homenagem”, afirmou o parlamentar.

Deixe uma resposta