Deputado cobra valorização dos profissionais que trabalham na segurança pública - Blog Edison Silva

Deputado cobra valorização dos profissionais que trabalham na segurança pública

Deputado Soldado Noélio. Foto: Assembleia Legislativa.

O deputado Soldado Noélio (PROS) usou o tempo de liderança de seu partido para pedir maior valorização e reconhecimento aos profissionais responsáveis pela segurança, também responsáveis pela diminuição dos índices de violência no Estado.

O parlamentar cobrou a inclusão de agentes penitenciários na lei de metas do Estado, recebendo remuneração extra por queda da criminalidade. “Foi com o trabalho deles que conseguimos reduzir a criminalidade. Esses profissionais, que há muito pediam pela intervenção nos presídios, merecem nosso reconhecimento e gratificação por seus serviços”, sugeriu.

Noélio afirmou ainda que um policial civil no Ceará recebe o terceiro pior salário do Brasil. Levou também dados mostrando que um cabo da Polícia Militar do CE recebe R$ 2.232,00 a menos do que um cabo da PM de Sergipe, Estado com pior Produto Interno Bruto (PIB) do Nordeste; um capitão da PM cearense recebe R$ 3.800,00 a menos do que um militar da mesma patente em Alagoas e R$ 6.000,00 a menos do que um capitão de SE.

O parlamentar ressaltou, no entanto, que o principal ponto está deixando de ser valorizado, que é o ser humano. “Na legislatura passada, várias sugestões foram apresentadas pelos parlamentares, e muitas delas foram implementadas. Mas a ferramenta mais importante contra a criminalidade ainda é o ser humano. É o policial, o guarda municipal, o bombeiro, o agente penitenciário, pois são eles que executam essas ações”, salientou. Ele lembrou que agora com os ex-líderes das facções criminosas do Estado não conseguindo mais comandar as ações de dentro dos presídios, novas lideranças surgem nessas organizações, então é o momento de coibir a reorganização do crime no CE. Para ele, além do investimento em estrutura para os policiais, é necessária a valorização destes. “É importante comemorar os bons índices de redução de criminalidade, mas precisamos reconhecer os agentes para essa diminuição. Foram esses profissionais que vestiram suas fardas e foram às ruas combater a criminalidade. É o momento do governo reorganizar suas contas e garantir um salário mais justo a cada um desses profissionais que se sacrificam todos os dias. O Governo do Ceará pode ficar na história desse Estado como o que mais investiu no homem, pois investir em estrutura é fácil e todos fazem, mas investir nos profissionais isso nenhum governo ainda fez”, concluiu.

Elogios às ações do governo

Mais cedo, durante o primeiro expediente da Casa, o deputado estadual Marcos Sobreira (PDT) havia elogiado o que chamou de ‘ótimos indicadores de redução da violência no Estado’, destacando que até o presidente Jair Bolsonaro, durante pronunciamento ao vivo em suas redes sociais, na noite da última quinta-feira (25), reconheceu que o Ceará foi o Estado que mais reduziu a violência contra a vida em todo o país.

O deputado apontou o que considera importantes ações do Poder Executivo nos últimos anos para reforçar a segurança pública do Estado. “Este Governo investiu em recursos humanos, contratando novos policiais, promovendo de forma justa mais de 15 mil militares nos últimos quatro anos de gestão Camilo, em um trabalho de redução de homicídios e que começa a apresentar frutos”, destacou.

Deixe uma resposta