Posse dos deputados estaduais e eleição da Mesa Diretora da Assembleia - Blog Edison Silva

Posse dos deputados estaduais e eleição da Mesa Diretora da Assembleia

José Sarto faz primeiro discurso como Presidente da Assembleia, agradecendo o apoio dos colegas, prometendo dotar o Legislativo de todas as condições necessárias ao bom exercício parlamentar e ao final pedir a todos “tolerância e respeito às divergências. Foto: Assembleia Legislativa.

O deputado José Sarto (PDT) já é o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará. Eleito foi eleito no fim da manhã desta sexta-feira, por unanimidade, após a posse dos 46 novos deputados estaduais, em solenidade rápida, no plenário da Assembleia, com a presença do governador Camilo Santana. O mandato do presidente da Assembleia é de dois anos. A Legislatura hoje iniciada vai até o dia 31 de janeiro de 2023.

Como diz a Constituição Estadual, a Assembleia, no dia primeiro de fevereiro do ano seguinte às eleições, dá posse aos deputados estaduais e elege a sua Mesa Diretora. Assim, hoje, após aberto os trabalhos da sessão pelo então presidente da Casa, deputado Zezinho Albuquerque, foi lida a relação dos deputados 46 deputados, confirmado a entrega do diploma que cada um recebeu da Justiça Eleitoral confirmando sua eleição, o presidente leu o texto do juramento, que todos repetem, de cumprir a Constituição e as leis do Estado, e de bem cumprir os seus mandatos, após o que são considerados empossados.

A sessão fica encerrada com o juramento. Não tem discursos. Imediatamente após a posse o plenário é esvaziado e acontece a eleição da nova Mesa Diretora. Diferentemente da última eleição, na de hoje não houve disputa e o processo de votação eletrônica não durou mais que cinco minutos. Pela votação, primeiro é eleito o presidente. Depois, já com o presidente empossado, é realizada a votação do restante dos integrantes da Mesa.

Ao final o deputado José Sarto fez um rápido pronunciamento de agradecimento aos colegas, destacando a pluralidade da composição da Mesa, coordenada por ele, a importância dos trabalhos legislativos, o seu compromisso de dotar a Casa de todos os meios de facilitação para um bom exercício do mandato de cada um dos deputados, além de assumir o compromisso de ser isonômico n o tratamento com situação e oposição, para, encerrar pedindo a todos os colegas “tolerância e respeito às divergências”.

Além de José Sarto, a nova Mesa é formada pelos deputados Fernando Santana (PT – 1º vice-presidente), Danniel Oliveira (MDB – 2º vice-presidente), Evandro Leitão (PDT – 1º secretário), Aderlânia Noronha (SD – 2ª secretária), Patrícia Aguiar (PSD – 3ª secretária) e Leonardo Pinheiro (PP – 4º secretário). Os três suplentes são, pela ordem: Osmar Baquit (PDT), Bruno Gonçalves (Patri) e Romeu Aldigueri (PDT).

A Assembleia abre realmente os trabalhos legislativos na próxima terça-feira, cinco de fevereiro, quando o governador vai levar a prestação de contas do seu Governo referente ao ano passado.

Confira os deputados empossados que compõem a 30ª Legislatura:

Acrísio Sena (PT) Aderlânia Noronha (SD), Agenor Neto (MDB), André Fernandes (PSL), Antônio Granja (PDT), Apóstolo Luiz Henrique (Patri), Audic Mota (PSB), Augusta Brito (PCdoB), Bruno Gonçalves (Patri), Bruno Pedrosa (PP), Danniel Oliveira (MDB), David Durand (PRB), Delegado Cavalcante (PSL), Carlos Felipe (PCdoB), Dra. Silvana (PR), Elmano Freitas (PT), Érika Amorim (PSB), Evandro Leitão (PDT), Fernanda Pessoa (PSDB), Fernando Hugo (PP), Fernando Santana (PT), Guilherme Landim (PDT), Heitor Férrer (SD), Jeová Mota (PDT), João Jaime (DEM), José Albuquerque (PDT), José Sarto (PDT), Julinho (PPS), Leonardo Araújo (MDB), Leonardo Pinheiro (PP), Marcos Sobreira (PDT), Moisés Braz (PT), Nelinho (PSDB), Nezinho Farias (PDT), Nizo Costa (Patri), Osmar Baquit (PDT), Patrícia Aguiar (PSD), Queiroz Filho (PDT), Renato Roseno (Psol), Romeu Aldigueri (PDT), Salmito (PDT), Sérgio Aguiar (PDT), Soldado Noélio (Pros), Tin Gomes (PDT), Vitor Valim (Pros) e Walter Cavalcante (MDB).

Deixe uma resposta